Plano Regional de Cultura do Alentejo para 2020-2030: estudo preliminar de diagnóstico
Resumo

O objeto da presente parceria do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa com a Direção Regional de Cultura do Alentejo, através do OPAC - Observatório Português das Atividades Culturais, é a realização de um estudo preliminar de diagnóstico tendo em vista informar a posterior definição do Plano Regional de Cultura do Alentejo para 2020-2030.

A metodologia é mista, com recurso a fontes estatísticas secundárias (estatísticas oficiais) e documentais, de inquérito por questionário (câmaras municipais comunidades intermunicipais) e de entrevistas individuais (dirigentes e funcionários de instituições públicas e privadas) e por grupos focais (comunidades intermunicipais e agentes privados com atividade em vários domínios culturais).

 

Equipa de investigação:

José Soares Neves (CIES-Iscte, OPAC) (coordenador)

Pedro Prista (Iscte-IUL) (coordenador)

Sofia Costa Macedo (OPAC, CIES-Iscte)

Ana Paula Miranda (OPAC, CIES-Iscte)

Jorge Santos (OPAC, CIES-Iscte, DGPC)

Catarina Santos (Iscte-IUL)

Sheila Palomares Alarcón (CIDEHUS-IIFA-UÉ)

Date de Início
2020-12-04
Date de Fim
2021-07-03
Financiamento do Projecto
Direção Regional de Cultura do Alentejo
Parceiros Externos
CIES-Iscte - Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Direção Regional de Cultura do Alentejo
Informação transferida do Ciência-IUL
W3C