Cadetes das Forças de Segurança
Resumo

Este projeto de investigação tem como objeto de estudo os cadetes das Forças de Segurança Portuguesas, a Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Polícia de Segurança Pública (PSP), que no ano escolar de 2015/16 frequentavam as respetivas escolas de formação superior, a Academia Militar (AM), os cadetes da GNR ,e o Instituto de Superior de Ciências Policiais e de Segurança Interna (ISCPSI), os cadetes da PSP.

O objetivo principal do estudo é o de conhecer as características sociais, as representações institucionais, as orientações profissionais e os valores humanos dos cadetes que frequentam as duas escolas de formação superior. 

A concretização do presente projeto acontece num período de elevada exigência económica e financeira para Portugal e com elevadas repercussões para o emprego e para a inserção profissional dos jovens, bem como da falta de oportunidades que se lhes oferecem; de sucessivos questionamentos das profissões militar e policial, das suas missões e interface, num mundo em que as questões de segurança e defesa readquiriram uma nova centralidade, nas discussões aos vários níveis, perante as novas ou reconfiguradas ameaças que atingem vários países, em diferentes continentes, e finalmente, porque se pretende dar o melhor contributo possível para o conhecimento mais pormenorizado das motivações/razões que levam os jovens a optar por uma profissão policial, sendo que a GNR apresenta a característica de força de polícia com estatuto militar. 

Por outro lado, também se procura conhecer o “viveiro” de recrutamento destas duas instituições, bem como os perfis sociográficos dos cadetes para se possa compreender se existem diferenças relevantes entre os jovens que a elas concorrem. Sendo também motivação suplementar para a concretização do presente estudo o facto de não se conhecerem estudos sistemáticos que abordem os dois universos em análise.

O modelo analítico adotado no estudo socorrer-se-á do modelo que tem sido adotado para o estudo da profissão militar, sobretudo a partir da perspetiva da Sociologia Militar, explorando a proposta de Moskos em termos da dicotomia Institucional/Ocupacional (Moskos) e das propostas que mais tarde desenvolveram e complexificaram o modelo original, como foi o caso do próprio Moskos, de Williams, e Segal e de Battistelli. 

O projeto explorará quatro dimensões de análise centrais: a caraterização social (idade, sexo, situação conjugal, local de nascimento/residência, habilitações literárias, ligações ao meio militar e policial, origem social dos cadetes); as representações institucionais (opinião sobre os filhos dos militares/polícias, expectativas, opinião sobre as Forças Armadas e as Forças de Segurança/GNR, vivências e representações quotidianas, satisfação com grandes temas sociais, perceções sobre própria vida, autoavaliação) as orientações profissionais dos cadetes das Escolas Superiores Militares (razões/motivações de concorrer e orientações profissionais) e os valores humanos.

No plano metodológico o projeto assenta num desenho de pesquisa extensivo-quantitativo, e a técnica de recolha de dados utilizada foi o inquérito por questionário online que foi aplicado a todos os cadetes. O tratamento estatístico será efetuado com recurso ao software SPSS. 

Na elaboração do inquérito por questionário teve-se em conta a existência de inquéritos anteriormente aplicados a outros universos, tanto a nacional como internacional, com o objetivo de se efetuaram algumas análises comparativas.

Com o desenvolvimento do presente projeto tenciona-se produzir um ou dois working papers previamente à apresentação do trabalho final, bem como a publicação de um livro.

Date de Início
2019-03-04
Date de Fim
2021-12-20
Informação transferida do Ciência-IUL
W3C