Seminar - Os Desafios da Investigação: tecnologias digitais e inovação metodológica
tbc

 

 

Seminário - Os Desafios da Investigação: tecnologias digitais e inovação metodológica

adiado para maio 2024

 

Nos últimos anos, a prática da investigação em ciências sociais foi confrontada com um conjunto de desafios provocados por diferentes fatores como as crises e contingências de natureza e articulação diversa – económica, política, social, sanitária, climática etc. – e o desenvolvimento acelerado das tecnologias digitais. Este contexto social alargado trouxe renovadas exigências, desafios e também oportunidades à investigação sociológica, havendo evidências da elaboração e aperfeiçoamento de estratégias metodológicas criativas e inovadoras. Apesar disso, é ainda muito escasso o conhecimento sobre as formas como estão a ser (re)elaborados, aprimorados e utilizados metodologias e métodos, quer quantitativos, quer qualitativos, o que justifica o interesse em desencadear um espaço de partilha e de discussão aprofundada que possa contribuir para mapear a diversidade e refletir sobre as estratégias metodológicas hoje disponíveis.

 

 

 

O seminário Os desafios da investigação: tecnologias digitais e inovação metodológica convida a examinar as práticas de investigação, reafirmando, por caminhos atuais, o devir permanente das ciências sociais de analisar reflexivamente as dimensões epistemológicas e metodológicas que orientam a recolha, a organização, o tratamento e a análise da informação empírica durante o processo de produção do conhecimento sobre o mundo social. O seminário procura reunir investigadores/as – integrados, associados, assistentes, bolseiros, visitantes e estudantes de doutoramento – vinculados/as a unidades de investigação do Iscte ou de outras instituições nacionais e internacionais, num exercício colaborativo de reflexão, centrado na apresentação e discussão de metodologias e de métodos aplicados em trabalhos de investigação recentemente concluídos ou que estejam em curso.

 

Com um leque de interesses que inclui a descrição das técnicas e estratégias de operacionalização de metodologias intensivas e extensivas, bem como o recurso criativo à teoria e à interdisciplinaridade para o desenvolvimento das diferentes etapas da investigação científica, pretende-se organizar um espaço de debate para a promoção do diálogo sistemático sobre os processos de pesquisa experimentados nestes últimos anos, centrado na inovação metodológica. Com uma visão ampla e não reducionista, serão valorizados diálogos interdisciplinares entre a sociologia e outras ciências sociais – ciências da comunicação, ciência política, políticas públicas, serviço social, história moderna e contemporânea, psicologia, antropologia etc. –, e entre estas e a ciência de dados e as tecnologias de informação.

 

Serão bem-vindas submissões de contributos que abordem um ou mais dos seguintes tópicos:


1. Desafios metodológicos e estratégias elaboradas para responder a contratempos e dificuldades enfrentados em processos de investigação conduzidos em contextos de crise (social, política, climática, económica, sanitária etc.);


2. Inovação metodológica em ciências sociais decorrente da utilização criativa de métodos de pesquisa social e da procura por respostas a dilemas teórico-metodológicos;

 

3. Novos desenvolvimentos metodológicos apoiados em tecnologias digitais ao nível da recolha, organização, codificação e análise da informação em abordagens quantitativas, qualitativas ou mistas;

 

4. Desafios e ferramentas de análise de dados orientadas para grandes volumes de dados;

 

5. Processos criativos e boas práticas no domínio da comunicação, visualização e representação gráfica de dados;

 

6. Questões éticas, integridade académica e inovação metodológica: as tecnologias digitais e a inteligência artificial.

 

 

Os resumos podem ser submetidos em língua portuguesa ou inglesa, com dimensão máxima de 400 palavras (mais 3-5 palavras-chaves), e devem fundamentar a proposta em pelo menos um dos tópicos acima mencionados. Os resumos devem conter ainda os seguintes elementos:

 

i) Título do trabalho
ii) Nome(s) do(s) autor(es)
iii) Endereços de e-mail
iv) Filiação institucional


As propostas devem ser submetidas por email, enviadas para o seguinte correio eletrónico: lim.cies@iscte-iul.pt

 


 

 

Data-limite para envio de propostas 8 de janeiro de 2024
Notificação de aceitação das comunicações 5 de fevereiro de 2024
Realização do evento maio de 2024 (a data será anunciada brevemente)

 

 

Comissão Organizadora
Rodrigo Vieira de Assis

Nuno de Almeida Alves

Patrícia Ávila
Helena Carvalho